Entenda melhor a diferença entre artrite e artrose

Púrpura de Henoch-Schönlein
23 de fevereiro de 2017
Esclerodermia Localizada
23 de fevereiro de 2017

Artrites e artroses constituem um problema de saúde que as pessoas atribuem ao envelhecimento. É muito comum escutarmos que artrite é doença de “velho” ou se assustarem quando descobrem que criança tem reumatismo.

Embora predominem nas pessoas acima dos 60/70 anos, crianças, jovens e adultos não estão livres dessas doenças. A artrite reumatóide, por exemplo, acomete pessoas de qualquer idade, atletas podem ter artrose precoce e a febre reumática se manifesta especialmente em crianças depois de uma infecção de garganta não tratada corretamente.
Quanto mais cedo for o diagnóstico e iniciarmos o tratamento correto, melhores serão os resultados, uma vez que será maior a chance de retardar a evolução da doença e evitar sequelas indesejáveis.

O que é artrite?
Atrite é uma inflamação em qualquer articulação do nosso corpo caracterizada pelo aumento da quantidade de líquido intra-articular ou derrame articular (artrite do joelho é conhecida popularmente como “agua no joelho”) ou pela presença de dor na articulação juntamente com a limitação do movimento e calor local.

As artrites ocorrem mais frequentemente nos adultos, mas também acometem as crianças. Atualmente é possível classificar mais de 200 tipos de doenças que causam artrites. Essas doenças são chamadas genericamente de reumatismo.

Tudo o que acomete as juntas chama-se artrite. Existem artrites traumáticas provocadas por acidentes ou torções, metabólicas por excesso de ácido úrico como ocorre na gota, artrites infecciosas causadas por bactérias, vírus e etc.

Muitas vezes, quando falamos artrite estamos nos referindo à artrite reumatóide que é uma doença inflamatória crônica de causa desconhecida com duração de no mínimo 6 semanas.

No começo da doença a dor e a rigidez das articulações ocorrem somente pela manhã. O paciente acorda como se tivesse “enferrujado”. Essa sensação é chamada de rigidez matinal e pode durar uma a duas horas e depois desse período, o movimento articular volta ao normal. Nesta fase, muitos pacientes não procuram o reumatologista porque acham que esta rigidez é normal da idade. Quanto antes o diagnóstico da atrite reumatóide, mais sucesso teremos no tratamento a fim de melhorarmos a qualidade de vida dos pacientes e diminuir as sequelas articulares.

Com a progressão da doença a dor passa a permanecer durante o dia inteiro e o paciente fica mais desanimado. Atualmente, existem muito mais opções de medicamentos para controle e remissão da artrite reumatóide. Quanto mais cedo, melhor!

O que é artrose?
Osteoartrite é o mesmo que osteoartrose ou artrose.
A artrose representa 30 a 40% das consultas de um consultório de reumatologia e sua importância pode ser demonstrada através dos dados da previdência social no Brasil, pois é responsável por 7,5% de todos os afastamentos do trabalho.

A doença ocorre principalmente nas mulheres acima de 60 anos nas mãos e joelhos, mas os homens também podem apresentar esta doença. Aos 75 anos, 85% das pessoas têm alguma alteração radiológica ou algum sintoma da doença, mas somente 30 a 50% dos indivíduos com alterações observadas nas radiografias queixam-se de dor crônica.

A osteoartrite (artrose) é uma doença que se caracteriza pelo desgaste da cartilagem articular e por alterações ósseas, entre elas os osteófitos, conhecidos popularmente como "bicos de papagaio".

A osteoartrite (artrose) pode ser dividida em
Causa primária, isto é, sem causa definida.
Causa secundária, isto é, artrose ocorre como consequência de outra doença como artrite reumatóide, deformidades nos joelhos ou consequente a um trauma como ocorre nos jogadores de futebol.
Em relação ao tipo de articulação atingida, há diferenças entre a artrose e a artrite reumatóide. Embora as duas doenças acometam as mãos, na artrite reumatóide as articulações envolvidas são as proximais, ou seja, as mais próximas do punho e o próprio punho. Na artrose, são mais atingidas as articulações distais, localizada mais perto das unhas e há a formação de pequenos nódulos, chamados nódulos de Heberben.

Como evitar e tratar a artrose?
É preciso proteger tudo o que está em volta das articulações como os ligamentos, tendões e músculos. A atividade física correta e adequada para cada idade ajuda a manter a movimentação e o fortalecimento adequados das estruturas ao redor da articulação e com isso evitar ou retardar o aparecimento da artrose.
Os cuidados com os idosos estão mais ligados à preservação dessas estruturas do que propriamente ao tratamento direto da articulação.
Na verdade, ainda não existem medicamentos para controlar a artrose, o que fazemos é prescrever remédios para tirar a dor e diminuir a inflamação.

reumato3