Saiba mais sobre a moleira dos bebês

O Desafio da Amamentação
30 de maio de 2017

1. O que é moleira?
Moleira é uma abertura da calota craniana existente na cabecinha do bebê separadas por linhas também abertas, chamadas suturas.

2. Pra que serve a moleira?
Os bebês apresentam 2 moleiras ou fontanelas, uma na parte anterior da cabeça e outra na parte posterior da cabeça que muitos pais nem sabem que existe. As moleiras tem 2 funções muito importantes: a primeira é permitir e facilitar a passagem da cabeça pelo canal vaginal e a segunda função das fontanelas é permitir o perfeito crescimento do cérebro até que os ossos cranianos fiquem soldados uns nos outros.

3. Como saber se a moleira está normal? Em que é preciso prestar atenção?
Os pais devem prestar atenção em alguns sinais de alerta na moleira como:
• Moleira abaulada (um pouco levantada) pode significar meningite, principalmente se for acompanhada de febre, e sendo assim, a criança deve ser levada ao pediatra urgentemente.
• Moleira um pouco afundada e diarréia podem indicar desidratação.
• O fechamento precoce da moleira (antes dos 6 meses) pode caracterizar algum problema congênito. Em alguns casos, será necessária intervenção cirúrgica, para permitir o adequado crescimento do cérebro.
• A demora no fechamento pode indicar problemas como a hidrocefalia, que é o acúmulo exagerado de água no cérebro.

4. A moleira é frágil?
O importante é observar o crescimento da cabeça dos bebês através da medida do peímetro cefálico e tomar os cuidados normais com os bebês para evitar acidentes. O cérebro da criança fica muito bem protegido, porque o tecido que compõe a moleira é muito resistente.

5. Até quando os bebês têm moleira?
Habitualmente a moleira posterior fecha até o segundo mês de vida e a moleira anterior, a principal, se fecha entre os 10 e os 15 meses de idade.
Consulte sempre um pediatra para avaliar se o crescimento e desenvolvimento do seu filho está normal.

Dra Elisabeth Fernandes
Pediatra geral com mestrado e doutorado pela USP e proprietária da Clinica Pediátrica Crescer.

Voltar